Esta amostra corresponde a 11% do conteúdo das propostas da V CECTI. Os percentuais abaixo representam o agrupamento de propostas por verbos (retirados do início das propostas). O método de síntese do contexto está descrito abaixo.

Síntese auxiliar para formação de um contexto comum para coprodução

Na Análise do Universo foi utilizado o Critério de análise: Papeis de trocas (verbos que iniciaram as propostas).
Total de papeis de troca (verbos) no universo: 131 em 450 propostas
Desses 131 papéis de troca do universo, 10 papeis de troca (i.é 10 verbos) agrupam 204 propostas, ou seja, 53% de todo o conteúdo das propostas. O quadro abaixo apresenta o número de propostas que iniciam com os 10 verbos mais frequentes e sua distribuição por cidade.

amostra1

Foi retirado o viés da amostra nivelando as propostas de acordo com os “papéis de troca” e sua representatividade por cidade. Assim, foram descartados os verbos que não representavam igualmente todas as cidades, e foi estabelecida uma linha de corte de acordo com a disponibilidade de propostas distribuídas igualmente por cidade e por verbo, resultando em uma amostra de 11% das propostas, conforme o quadro abaixo. As propostas então foram agrupadas em quatro parágrafos que representam os verbos mais frequentes, distribuídos igualmente entre as cidades.

amostra2

Fonte
0,33 %
Text

Criar

– um prêmio estadual de geração de valor por meio da transferência de pesquisas institucionais;
– um fundo de inovação com dotação orçamentária de todos os autores;
– planos de execução das politicas públicas para privilegiar demandas local e regional de CTI;
– ações para profissionalização visando conscientização, adequação tecnológica, planejamento, finanças e sucessão;
– feiras de livro e incentivar a leitura; mestrados profissionais e acadêmicos e doutorados;
– um portal informativo sobre as empresas de tecnologia na região; políticas de formação, capacitação e retenção de profissionais especializados em inovação;
– incentivos para publicação e materialização de produção científica;
– políticas de implementação de políticas sociais; programas de fomento à inovação;
– um portal específico para a área capacitação para o desenvolvimento de agentes de inovação;
– grupos para orientação e suporte nos polos de inovação [propriedade intelectual];
– política de atração de profissionais para as áreas deficitárias; uma rede de conhecimento e informações de CT&I;
– programas interinstitucionais de fomento; parques tecnológicos voltados para especificidades locais;
– Fundos Públicos para CTI regionais;
– cronograma de eventos de CTI interinstitucional e regional;
– políticas para acesso de PMEs a recursos financeiro;
– fórum de discussão permanente para CTI setoriais envolvendo toda a cadeia produtiva [Incentivos – Ciência];
– cursos de mestrado e doutorado associados aos potenciais da região;
– escritórios articuladores para tecnologias da informação na gestão;

0,67 %
Text

Promover

– visão regional sobre meritocracia no trabalho;
– maior integração entre os municípios da região;
– atrair investimento empresarial;
– treinamentos e capacitações específicos para docentes;
– editais que exijam trabalho conjunto de diferentes atores e setores estratégicos de CTI;
– a diversidade institucional através da definição de um agente articulador entre os atores de CTI vinculados aos Centros de Inovação que seja responsável pela definição de papeis e de ações em CTI;
– capacitações presenciais do INPI;
– eventos para disseminar o assunto;
– maior número de editais com incentivo a criação de novos negócios por meio de agencias governamentais;
– rodada de negócios para apresentação de novas ideias;
– a qualificação permanente de recursos humanos;
– o acesso a financiamento de capital de giro e empreededorismo;

0,33 %
Text

Ampliar

– o valor agregado na cadeia produtiva;
– infraestrutura de portos-secos em ferrovias;
– as atividades de extensão universitária e de órgãos de pesquisa;
– a divulgação de benefícios já existentes (ex. Lei do Bem);
– a capacidade de inovação tecnológica; a abrangência do sinal do celular

0,33 %
Text

Incentivar

– políticas públicas para fomentar o espírito empreendedor nas academias;
– formação de grupos de pesquisa com caráter multiprofissional e intersetorial;
– a cultura empreendedora;
– a pesquisa colaborativa com o objetivo de disseminar as já existentes entre os atores de CTI;
– maior integração universidade-empresa; o associativismo entre empreendedores no turismo